Conheça o casal bilionário investindo sua fortuna na política de direita


O marido e a esposa de Illinois, Richard e Elizabeth Uihlein, estão trabalhando para remodelar a direita com os lucros de seu império privado de produtos de transporte. Eles são os próximos Kochs?


UMAs americanos cada vez mais enviam tudo para todos os lugares, as pessoas que vendem materiais de embalagem e suprimentos industriais estão indo muito bem. Ninguém distribui mais do que Richard Uihlein, 76 anos, herdeiro da fortuna da cerveja Schlitz, e sua esposa, Elizabeth, 77, que juntos fundaram uma empresa chamada Uline em seu porão em 1980. A empresa, que eles administram como CEO e presidente, respectivamente, fatura cerca de US$ 6,1 bilhões em vendas anuais, o suficiente para fazer o par valer US$ 4 bilhões cada, de acordo com Forbes’ estimativas.

Eles podem não ser famosos em todo o país, mas as pessoas os conhecem em DC Ambos têm doado para campanhas republicanas desde os anos 90, contribuindo com cerca de US$ 15.000 por ano em média até 2009. Em 2010, a Suprema Corte explodiu os esforços para limitar os gastos políticos com suas decisões em Cidadãos Unidos v. FEC e alguns casos relacionados. Os Uihlein aumentaram suas doações a cada ciclo desde então, relatando mais de US$ 190 milhões em doações políticas ao todo. Isso é mais do que qualquer um não chamado Bloomberg, Steyer ou Adelson.


JOGADORES DO PODER POLÍTICO

Os Uihlein relataram doar US$ 194 milhões a candidatos e causas federais, o quarto maior número de bilionários dos Estados Unidos.


No último ciclo eleitoral, os Uihlein investiram mais de US$ 70 milhões em várias causas conservadoras. Trinta milhões foram para o Restoration PAC e o Americas PAC, que por sua vez gastaram US$ 18 milhões tentando reeleger Donald Trump. Outros US$ 27 milhões foram para o super PAC Club for Growth, orientado para o mercado livre, um dos favoritos do bilionário megadonor Jeff Yass.

A paixão dos Uihlein pela política também permeia seus negócios — até mesmo os catálogos da empresa. Entre elogios a seus funcionários e anúncios de caixas e plástico-bolha, Elizabeth Uihlein faz perguntas provocativas: os Estados Unidos estão em declínio? A China está tomando conta? Estamos gastando muito em programas de bem-estar? “Sua família, sua casa, seu quintal, seu próprio cantinho do mundo – essas são coisas que você pode controlar e melhorar”, escreveu ela em uma carta. “Você não pode consertar tudo – os problemas do mundo são grandes.” Mas com dinheiro suficiente, você com certeza pode tentar.

MAIS DA FORBES

MAIS DA FORBESComo os serviços Republic apoiados por Bill Gates transformam lixo em muito dinheiro
MAIS DA FORBESNão tente nada fofo com as máquinas de autoatendimento. Eles vão te dedurar
MAIS DA FORBESTripledot simplifica o desenvolvimento de jogos: sem personagens, sem missões, nada mais complicado do que Wordle
MAIS DA FORBESPor que bilionários como MacKenzie Scott e Jack Dorsey estão doando milhões para esta organização sem fins lucrativos que dá dinheiro aos pobres



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *