Embaixada dos EUA alerta americanos para deixarem a Rússia




CNN

A Embaixada dos EUA em Moscou emitiu um alerta de segurança durante a noite que novamente instou os cidadãos dos EUA a deixar a Rússia imediatamente enquanto ainda há opções para deixar o país.

O alerta vem após a ordem do presidente russo, Vladimir Putin, de mobilização parcial de homens russos para lutar em sua guerra na Ucrânia.

“A Rússia pode se recusar a reconhecer a cidadania americana de cidadãos com dupla nacionalidade, negar seu acesso à assistência consular dos EUA, impedir sua saída da Rússia e recrutar cidadãos com dupla nacionalidade para o serviço militar”, dizia o alerta.

A embaixada tem alertado consistentemente os americanos para não viajarem para a Rússia e deixarem o país imediatamente se estiverem lá.

O alerta da embaixada instou os cidadãos dos EUA a “evitar todos os protestos políticos ou sociais e não fotografar o pessoal de segurança nesses eventos”, observando que “o direito à reunião pacífica e à liberdade de expressão não são garantidos na Rússia”.

O alerta acrescentou: “As autoridades russas prenderam cidadãos dos EUA que participaram de manifestações”.

Mais tarde na quarta-feira, um funcionário do Departamento de Estado esclareceu que o alerta se referia a prisões em manifestações anteriores e “não temos conhecimento de nenhuma prisão de cidadãos americanos participando de manifestações desde a mobilização”.

O alerta de segurança disse que a embaixada “tem severas limitações em sua capacidade de ajudar os cidadãos dos EUA, e as condições, incluindo opções de transporte, podem de repente se tornar ainda mais limitadas”.

“Se você deseja deixar a Rússia, deve fazer arranjos independentes o mais rápido possível”, disse.

Esta história foi atualizada com comentários de um funcionário do Departamento de Estado.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *